O modo de as empresas se relacionarem – conhecido como branding – com os consumidores, hoje, vai muito além de oferecer um produto necessário. As marcas são um modo de estabelecer essa relação mobilizando sentimentos e valores dos clientes, que passam a depositar nelas sua credibilidade e confiança, para além de uma relação de compra e venda.

Nesse cenário, a estratégia de branding — que envolve planejar e gerir uma marca — é fundamental para que a empresa construa sua reputação no mercado.

Essa reputação depende, basicamente, de três aspectos: a visão estratégica, a cultura organizacional e a imagem que o público faz da organização. Assim, uma boa estratégia de branding é capaz de promover o alinhamento desses três fatores, ajudando a construir e consolidar a boa reputação de uma empresa.

Neste post, vamos explicar um pouco melhor como isso funciona e afeta um negócio. Acompanhe!

Qual é a importância da identidade corporativa e do branding para a empresa?

A definição da identidade corporativa é essencial para o entendimento — desde sócios a trabalhadores — daquilo que a empresa acredita, o que faz e o que pretende levar aos clientes. Isso deve ficar claro internamente, para que possa se refletir em todas as suas ações.

A marca, como representação da empresa para o público, também deverá carregar em si esses elementos, na busca de se aproximar e estabelecer uma relação com os clientes (e possíveis clientes). Assim, é fundamental que todas as atitudes se baseiem na identidade que foi definida, para que uma imagem coerente vá se formando na mente do público.

Por que se deve passar uma imagem coerente?

Além de ser importante para que as crenças e objetivos da empresa fiquem claros para o público, uma imagem coerente ainda é essencial na construção da reputação da empresa, justamente por ser capaz de inspirar confiança ao longo do tempo.

Como dissemos, três aspectos devem funcionar em harmonia para se garantir a construção de uma boa reputação. Quando a empresa tem bem definida a sua visão (refletida em sua estruturação e funcionamento) e consegue fazer esses elementos presentes no seu modo de se relacionar com o público, a tendência é que a sua marca fique gravada positivamente no imaginário dos clientes.

E essa imagem positiva tem um papel fundamental na hora de levar o consumidor a se decidir por um produto ou serviço — além de ser capaz de transformá-lo em um cliente fiel.

E a importância de ter uma boa reputação além das vendas?

Bom, apesar de parecer óbvio que ter uma boa reputação é algo positivo, em qualquer aspecto, muitos empresários ainda não conseguem enxergar, na prática, os benefícios disso para além das vendas. Mas eles existem — não só existem como são muitíssimo importantes.

Uma boa reputação pode ser fundamental no momento de conseguir crédito junto aos bancos, por exemplo, que ficam dispostos a oferecer maiores benefícios a uma marca forte. Do mesmo modo, fornecedores podem se mostrar mais dispostos a negociar com uma marca promissora.

Além disso, ela é capaz de transformar as relações internas da companhia, gerando maior engajamento dos próprios trabalhadores. Assim, ao mesmo tempo em que se sentem mais satisfeitos por trabalhar em um ambiente de sucesso, eles ajudam a manter essa reputação.

Então, viu só como uma boa estratégia de branding pode revolucionar a sua empresa? Agora, se gostou deste post, aproveite para entrar em contato conosco e experimente essa mudança no seu negócio!