Muitas empresas acreditam que basta um ótimo produto e um bom marketing para ter sucesso. Porém, com tantas opções disponíveis, as chances de que um produto sem um bom projeto de embalagem ganhe os consumidores são baixas. 

A realidade é que fazer um projeto de embalagem não é um custo e sim um investimento. Um projeto de embalagem feito de forma correta é capaz de reduzir gastos na produção, aumentar suas vendas e fortificar a sua marca no longo prazo. Dessa forma, a pergunta correta é “como investir da melhor forma para garantir esses benefícios”?

Esses resultados só são possíveis com um bom planejamento, que esteja de acordo com o orçamento e realize as alterações e mudanças na embalagem que realmente fazem diferença. Erros de projetos são comuns e podem acabar com todas as chances de sucesso de uma boa ideia.

Pensando nisso, colocamos abaixo as melhores dicas para criar um projeto de embalagem eficiente, garantindo esses benefícios para a empresa. Confira!

Entenda as variáveis de custo 

O primeiro passo é compreender quais variáveis impactam no custo do seu projeto de embalagem. Dependendo de suas escolhas e requisitos, o valor pode ser muito alto, inviabilizando o lançamento de um produto e gerando prejuízos. Sempre considere:

  • matéria-prima;
  • produção;
  • prazos;
  • quantidades;
  • qualidade; 
  • projeto de lançamento (introdução ao mercado).

Ter um levantamento de custos bem planejado é fundamental para ter um projeto eficiente e econômico. 

Faça uma pesquisa de mercado

Outra dica importante é usar dados do mercado para tomar suas decisões. Fazer uma pesquisa com os consumidores ajuda a entender quais são suas preferências em termos de cores, tamanhos e uso do produto. 

Além disso, pode ser que sua embalagem não seja o problema nas vendas, mas sim o posicionamento de preço, seu mercado em queda ou até mesmo o próprio produto.

Faça um planejamento de lançamento

Além de pensar em um projeto de embalagem eficiente, é preciso saber fazer um planejamento de lançamento para esse produto. Muitas tendências de mercado são lançadas em momentos errados ou não possuem o investimento em marketing necessário para fortalecer a marca, o que reduz as oportunidades desse projeto.

Dessa forma, não basta apenas investir em projeto de embalagem. Estruture um plano completo, que contenha desde sua idealização até seu lançamento e promoção no mercado. O ideal é calcular todos esses custos antes de começar uma ideia para se ter o real valor necessário para um projeto de sucesso.

Conte com profissionais experientes 

Por fim, muitos gestores acreditam que podem fazer uma embalagem criativa e inovadora sem a ajuda de quem é especialista no assunto. Mesmo com o sucesso no resultado final, ele, provavelmente, será mais caro do que se fosse feito com ajuda de uma agência especializada.​

Essas empresas possuem uma rede de contatos que lhe permitem reduzir os custos do seu projeto de embalagem e identificar as melhores formas de criar e lançar sua ideia, aumentando suas vendas.

Mesmo que a contratação de uma agência aumente o valor investido inicialmente, o suporte e o conhecimento desta garantem um maior retorno para a empresa. Dessa forma, o custo inicial se dilui no retorno e o resultado é muito melhor.

Ter um produto campeão de vendas não é uma tarefa simples, é preciso saber investir em projeto de embalagem, marketing, vendas e qualidade de produto. Por isso que, muitas vezes, boas ideias morrem na prateleira. Elas não tiveram o investimento completo necessário para o sucesso. Talvez até conseguem um ótimo destaque, mas perdem a oportunidade de fortificar a sua marca além do que poderiam ter vendido e lucrado muito mais. 

Agora você já sabe como fazer um projeto de embalagem que fique dentro do orçamento e traga bons resultados no ponto de venda. Se você acha que uma agência pode te ajudar nesse momento, então entre em contato com a VY2, especializada em embalagens e branding, e comece seu projeto!